quarta-feira, agosto 23

Tag: futebol lgbt

Encontro de futebol agita equipes do Norte e Nordeste do Brasil.

Encontro de futebol agita equipes do Norte e Nordeste do Brasil.

Futebol, Nacional
No dia 15 de Julho de 2017 será realizado às 21 horas na Arena do Baixinho, no Pará uma grande partida de futebol reunindo duas grandes equipes do eixo Norte/Nordeste do Brasil. Trata-se da Divas do Pará e Radji do Maranhão. As equipes já se enfrentaram no ano passado e este ano celebrarão novamente um encontro. Para o presidente do Comitê Desportivo LGBT do Brasil Érico dos Santos, o encontro é uma grande oportunidade de intercâmbio e mostra que o futebol entre gays e transexuais no Brasil está cada dia mais em evidência, e pode ser um excelente veículo de enfrentamento da LGBT Fobia e de promoção da inclusão de pessoas LGBT no esporte, trazendo benefícios na saúde e no bem estar dos praticantes. E este encontro serve para mostrar que o desporto para pessoas LGBT não está apenas
Mineirão é iluminado com as cores da bandeira LGBT

Mineirão é iluminado com as cores da bandeira LGBT

Futebol, Nacional
Em ação conjunta com a secretaria de estado de Direitos Humanos, estádio apoia campanha em respeito à diversidade de gênero Dia Internacional do Orgulho LGBT é celebrado em todo mundo nesta 4ª feira, 28 de junho Como forma de lembrar os desafios e lutas que marcam o Dia Internacional do Orgulho LGBT, celebrado em todo mundo nesta 4ª feira, 28 de junho, a fachada do Mineirão foi iluminada com as cores da bandeira LGBT. Principal palco do futebol em Minas Gerais, o Gigante da Pampulha apoiou a ação idealizada pela secretaria de estado de Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania. Outros monumentos da cidade, como o auditório Juscelino Kubitschek, na Cidade Administrativa, e o Espaço do Conhecimento UFMG, na Praça da Liberdade, também foram iluminados para chamar a atenção p
Torcida do Paysandu bane cantos homofóbicos e leva bandeira LGBT ao estádio

Torcida do Paysandu bane cantos homofóbicos e leva bandeira LGBT ao estádio

Futebol, Nacional
A torcida Banda Alma Celeste, do Paysandu, decidiu banir das arquibancadas um canto que já era tradicional e chamava o mascote Leão, do rival Remo de “gay”. O encontro entre as duas equipes tradicionais do futebol paraense é um dos maiores clássicos do futebol brasileiro. “Erramos durante vários anos, propagando cantos homofóbicos disfarçados de rivalidade”, admitiu a torcida, em seu pedido de desculpas. “Em decisão tomada em uma das nossas reuniões mensais, viemos comunicar que músicas e manifestações de cunho racial/homofóbico estão extintas do nosso repertório, entre elas a famosa música que chama o mascote do rival de gay.” O Governo do Pará, que patrocinou o Campeonato Paraense, propôs que na final do torneio, há alguns dias, os jogadores entrassem em campo com camiset
Estádio do Orlando City presta homenagem às vítimas da boate Pulse

Estádio do Orlando City presta homenagem às vítimas da boate Pulse

Futebol, Internacional
7 meses após o massacre, as pessoas ainda mostram compaixão e continuam a prestar homenagens às vítimas do massacre na boate LGBT, Pulse, em Orlando. O atentado, que aconteceu no dia 12 de Junho do ano passado, matou quase 50 inocentes e teve a autoria assumida pelo Estado Islâmico. Para lembrar dessas jovens almas, a equipe do Orlando decidiu divulgar imagens de um setor da arquibancada do Downtown Stadium com 49 cadeiras pintadas com as cores da bandeira do arco-íris, que remete a bandeira LGBT. O clube também fez uma referência a data da tragédia, escolhendo o setor 12 para tal homenagem. Fonte: //www.superpride.com.br/2017/01/estadio-do-orlando-city-presta-homenagem-as-vitimas-da-boate-pulse.html
Amazonas terá segunda edição  da Copa Gay de Futebol

Amazonas terá segunda edição da Copa Gay de Futebol

Futebol, Nacional
  Nova edição do torneio contará com eleição de musas e rainhas  Depois da edição de estreia em 2014, ano da Copa do Mundo do Brasil, a Copa Gay de Futebol deve ganhar nas próximas semanas uma segunda edição em Manaus. Uma das novidades deste torneio é o concurso de musas e rainhas. “Vai ter concurso de beleza. Cada time é obrigado a levar a musa e a rainha do campeonato. Agora a musa e a rainha têm que jogar, não pode só dar pinta, não”, disse Júnior Leocádio, o “Pedrita”, um dos organizadores do torneio, ao jornal A Crítica. Além do concurso de musas, Pedrita diz que o torneio servirá também para montar a seleção amazonense de futebol gay, que, ao final do torneio, disputará um amistoso interestadual contra o time paraense Divas. “Queremos fazer um amistoso de
Copa Gay de Manaus é chute no preconceito

Copa Gay de Manaus é chute no preconceito

Futebol, Nacional
Torneio de futebol amador reúne uma turma que, definitivamente, merece a camisa 10 Depois de sediar a Copa do Mundo, Manaus recebeu outra Copa (Foto: Winnetou Almeida/A Crítica) Depois de sediar a Copa do Mundo, Manaus recebe outra Copa. É verdade que essa não tem a mesma estrutura do torneio organizado pela Fifa. A vantagem é que ninguém precisa sofrer para comprar ingressos pela internet, porque o espaço é gratuito e bem mais democrático. No que diz respeito ao gramado… Bom, esqueça o tapete verdinho e bem cuidado. Aqui o campo é de várzea. Tem areia e pedrinhas capazes de machucar pés sensíveis que não calçam chuteira. Aqui também não tem camarote como na Arena da Amazônia, e nem Buffet com pratos sofisticados. Sem problemas. “Cléo Pires” anuncia com um microfone lig